A cidade do sol.

Hoje, logo depois que terminei de ler a última palavra escrita por Khaled Hosseini, me escorreu a última lágrima pelo rosto. Posso dizer que foram lágrimas de alegria.
A história do livro, assim como "O caçador de pipas", também traz a dura realidade das pessoas que viram a guerra pela janela de suas casas.
A perda dos filhos, a infância roubada, a crueldade cometida contra as mulheres.
"A cidade do sol" traz duas personagens principais, Mariam e Laila.
As duas têm realidades bem diferentes.
Mariam é filha bastarda de um homem rico da cidade de Herat que aos 15 anos perde a mãe.
Vai para a casa do pai morar com seus 11 irmãos e três madrastas, mas sua estadia na casa não passa de alguns poucos dias.
A jovem é prometida e se casa com Rashid.

Muda-se para Cabul.
Lá, anos mais tarde nasce Laila.
A menina tem uma amizade fraternal com Tariq, que anos mais tarde descobre que também ama a menina.
A guerra e as perdas fazem com que a vida dessas duas mulheres se encontrem, dessa vez debaixo do mesmo teto.
Ao final do livro, as lágrimas eram de alegria, mas é no encontro das duas realidades, de Mariam e Laila, que as lágrimas eram as mais sentidas, as mais dolorosas.

Para saber mais sobre o livro ou até mesmo comprá-lo, entre no minisite
http://www.acidadedosol.com.br/a_cidade_do_sol/

Leiam, vale a pena. E depois, me contem o que acharam.

10 comentários:

Giu Pereira disse...

Que bom que gostou do meu blog ! Vi que temos muitas coisas em comum, por exemplo o signo ! haha
Além disso, eu amo jornalismo também !
Pode deiixar que vou fazer siim um post sobre a motorolla !

Nossa, você deve gostar MESMO de ler (pra ler memórias póstumas de brás cubas! haha um livro que mto vestibulando - tipo eu - não leu)

Muito obrigada pelo comentário, e vou seguir seu blog ^^
Se puder retribuir.. haha
Adorei seu blog e vou passar sempre!

Beijinhos

eduardo disse...

cidade do sol = ilha?
huahuasuhsauh ...

muito bom esse livro! adorei! **


edaurdo,
beijosmeliga!

Thiago Assis disse...

Eu terminei esse livro segunda-feira passada e está na minha lista de favoritos sem duvida.
è muito sofrimento, muita dor, mas é bom quando se lê algo expressando uma realidade. Mostra que não são todos que tentam maquiar o que é real.

Além disso, ajuda-nos a situar o momento historico, o que vinha acontecendo e como vinha acontecendo... bem interessante,
Tanto quanto "O caçador de pipas"


www.thiagogaru.blogspot.com

Thiago Assis disse...

Eu comentei mas parece que não salvou Oo

Kelly disse...

Oláá! Eu lii esse livro e atualmente estou lendo O Caçador de Pipas. Realmente ele é muito bom! Foi um dos melhores que eu li até hoje, assim como o A Menina que Roubava Livros. Vc já leu esse? Beiijos ;)

Lília disse...

Oi Janaína, obrigada pela visita!!!

Eu li o Cidade do Sol e amei!

Tem um outro livro chamado mémórias de um menino soldado (Ishmael Beah), que fala sobre as guerras na África... lindo tb!

Tb vou acompanhar seu blog.

VC conhece o site www.skoob.com.br ?

Nesse site vc pode cadastrar todos os livros que vc já leu e organizá-los. Vale a pena conferir.

bjks e nos falamos!

Hernan Fernandez disse...

Lindas palavras para sinopse, não tem como não ficar com vontade de ler. Mais um para minha lista de livros que ainda tenho que ler!!!
Beijos querida, tenha uma excelente semana!!! ;)

Canto do Lufa disse...

Confesso não ter lido nenhum dos dois livros

parabens pelo hábito da leitura!

Interessante a sua idéia de ler e expressar a sua crítica

GueGue disse...

esse cara é muito bom né! amei o caçador de pipas!

Bejo

Lília disse...

Hoje que me dei conta da minha pergunta sem noção(vc conhece o skoob?), rs

Eu acabei de ver seu perfil na comu do orkut do skoob, no tópico de blogs... rsrsrs

Um abraço