O velho e o mar.

Ernest Hemingway descreve de forma cativante e embaçada a história de persistência de um velho, amigo do mar.
Este velho ensinou a um menino, aos cinco anos de idade, a importância do mar, do pescar, e muito sobre respeito.
Este menino, por pedido dos pais, passa a pescar em outro barco, um barco de sorte, segundo o velho Santiago.
Os dois, apesar disso, continuam amigos, fiéis, uma ao outro.

Depois de quase noventas dias indo ao mar sem trazer nenhum peixe, o velho se prepara para a sua saida.
Pede ao menino que traga um bilhete com o número oitente e cinco e avisa que está indo para o largo.
O velho sai para o alto mar ainda sob a luz da lua, remando seu pequeno barco.
Arma as suas varas, cada uma a um lado do seu barco, com iscas e profundidades diferenciadas, para tentar pescar diferentes tipos de peixes.
O velho espera, o sol nasce e ele começa a ver as outras embarcações, que começam a ficar cada vez menores, pois continua a sua remada em direção ao largo.

Após muito tempo de espera, o velho pescador consegue pescar um pequeno atum, que guarda para se alimentar mais tarde.
Na sua tarde de pescaria, é acompanhado por peixes voadores, andorinhas do mar e até por alguns cardumes enormes de dourados.

Mais tarde, sente uma de suas linhas puxarem.
É aqui que começa a luta do velho contra o mar.
Inumeras coisas acontecem, mas o velho pescador não desiste de seu pescado.
Esta é a verdadeira beleza do livro. O pescador, que persistentemente luta pelo peixe que pescou, não perde as forças e muito menos a esperança de tê-lo.

Mais uma ótima dica de leitura

9 comentários:

Danilo disse...

é um dos meus livros favoritos. dei de presente a um dos meus grandes amigos. ótima dica.

leeeeeilane disse...

Nossa que lindo!
Axo que eu ia chorar lendo esse livro, do jeito que sou emotiva
ainda mais falando de pescador, que eu lembrei do meu avô que morreu a pouco tempo... =/

adorei o blog
bejão
http://www.rocknaveiaaa.blogspot.com/

Bruna disse...

Deu vontade de saber o resto da história
Uma pena que não posso elr todos os livros que quero (ou devo) ao mesmo tempo xD
Abraços

Marcus disse...

Deve ser legal esse livro, deve ser um livro para parar e pensar sobre nossa vida.

Marton Olympio disse...

Além de um livro fabuloso, este clássico resultou num belíssimos filme com Spencer Tracy.
Tive o prazer de sentar na cadeira do escritor em Havana :)

Se quiser, apareça:


Conto NOVO - O Engolidor de Palavras
http://martonolympio.blogspot.com/

Apelos e Apreços disse...

não li ainda, mas pós sua descrição fiquei muito curiosa por fazê-lo.

scriptmanent disse...

Eu já ouvi falar muito desse livro e sei que tem até um filme. Mas eu nunca tive a curiosidade de ler uma sinopse. Confesso que ao ler a sua me deu muita vontade de ler o livro. Engraçado como certas coisas veêm na hora certa. Estou precisando ler um livro assim. Ando meio triste e desanimada.

bjos

Rodrigo da Silva disse...

Hemingway foi um dos maiores escritores americanos da história, e o Velho e o Mar um dos mais livros do século passado. eu li esse livro ainda muito pequeno, sonhando que meu avô pudesse ser o velho santiago.

parabéns pelo blog. a literatura ainda move o mundo. pelo menos o nosso mundo! :)

Diego Janjão disse...

Este ainda tb não li....