Melancia.

Claire, a personagem principal e narradora desta história, era realmente uma mulher de sorte.
Tudo bem, ela tinha um emprego não muito legal, mas foi através dele que encontrou o homem que julgou ser o amor de sua vida, James.
Os dois eram felizes, se amavam e resolveram se casar.

Claire engravidou, ficou parecendo uma melancia de gorda. Daí o nome do livro.
James, sem Claire saber, arrumou uma amante.
No dia do nascimento do bebê, Claire recebe uma notícia não muito propícia para aquele momento, James ia larga-la, estava amando outra mulher.
É ai que as coisas começam a mudar na vida de Claire. Antes de sair do hospital ela liga para uma amiga, que a orienta sair da cidade com sua filha, ainda sem nome, voltar para a casa dos pais e lá se fortalecer, voltando só depois para resolver as coisas com James.

Ela o faz.

Sai de casa com algumas poucas malas e embarca para a casa dos pais, com uma menininha linda em seus braços, que por conta dos últimos acontecimentos ainda estava sem nome.
Claire chega a casa dos pais, retoma alguns vícios da infância, mata a saudade das irmãs e cai em uma profunda "depressão".
Além de dormir e dar de mamar a sua pequena filha, que recebe o nome de sua avó materna, Kate, nada mais faz.

Em um certo momento, ainda se transforma em uma verdadeira bomba atômica, que para explodir não basta nada de muito arriscado, apenas um simples olhar.
Isso tudo por conta de um filme que sua mãe a fez assistir em sua companhia.

Um livro espetacular, cheio de tiradas inteligentes.
Um humor sarcástico que envolve o leitor do início ao fim, fazendo com que a curiosidade só aumente para ver qual o desfecho da história.

Melancia é o primeiro livro da série "Um best seller para chamar de meu", de Marian Keys.
Para saber mais, vá até o site da editora, clicando em Editora Bertrand Brasil.

Boa leitura.

9 comentários:

Rafa disse...

Bacana, muito cruiativo, incomum ver nos blogs textos dessa espécie


http://cemiteriodaspalavrasperdidas.blogspot.com/

Alice Gabriella disse...

nunca li,fiquei com muita vontade de ler,ainda mais por ter tiradas sarcásticas etc...

Fabíola disse...

Não conhecia esse livro. Qualquer dia desses, dou uma lidinha para ver qual é a grande sacada dele.

Marii G. disse...

Oi janaína, sou do 'nadaaverpontocom' , blog que te premiou com os selos, flor, na verdade você ganhou os 5 selos ^^
entendeu ?
os 5 selos foram dados aos 5 blogs.. 5 selos pra cada um ^^
Parabeéns,
e sim, eu sempre vinha ler o seu blog, e sempre gostei, adorooo seus textos ^^ rs
Beijooos, parabens pelo otimo conteudo ^^

http://nadaaverpontocom.blogspot.com/

iti disse...

quem é vc ?
hehehe
andei sumido um pouco da blogsfera.
voltei faz 1 mês por convite do meu irmão que é dono do máquina zero.
o blog estava meio parado e resolvi dar uma mão....
me relembre quem é vc, por favor..
rs
desculpe nao lembrar...
http://www.maquinazero.com.br

Ana ® disse...

Gostei... essa autora parece ter livros bem legais, preciso ler logo...!
=)

Amanda Albuquerque disse...

ah, eu sempre fui louca p/ ler esse livro, mas nunca achei ninguém que tivesse disposto a me emprestar...
numa prox bienal talvez eu compre...
;D

Kelly Christi disse...

blog bacana!!! adoro ler, bom saber o q os outros tem a dizer dos livros que lemos por ai... eu ainda nao li esse, mas jah tah na lista, tres jah me falaram dele...

bjitos, moça

http://www.pequenosdeleites.blogspot.com

luiz scalercio disse...

bellissimo texto
gostei muito
bem criativo.
prbns.